Eczema: a educação terapêutica, uma ajuda eficaz

Eczema: a educação terapêutica, uma ajuda eficaz

Eczema: a educação terapêutica, uma ajuda eficaz

Viver melhor com o eczema

Workshops para compreender melhor a doença, para não se sentir só e para ser compreendido. Parta com informações concretas e com conselhos a pôr em prática em casa.

Aprender a viver melhor com a doença no dia a dia

Da mesma forma que se pode aprender a conduzir ou a cozinhar, pode-se aprender a viver melhor com o seu eczema. Existem efetivamente workshops nos centros de educação terapêutica um pouco em toda parte do mundo, sempre muito apreciados por aqueles que participaram.

O programa de educação terapêutica: tudo menos escolar

Não é nem a escola, nem sessões de terapia de grupo! As sessões são animadas, de forma coletiva ou individual, por especialistas, em torno de um tema específico.

Existem workshops para os adultos, os adolescentes e as crianças, mas também para os pais cujos bebés têm eczema.

Objetivo: uma melhor gestão da doença para uma melhor qualidade de vida

Com o eczema, existem muitas coisas que não dominamos. Mas, pensamos muito pouco naquelas que estão ao nosso alcance ou naquelas sobre as quais podemos agir. São todas essas coisas que vão no entanto permitir atingir os seus objetivos de melhor qualidade de vida.

Concretamente, a educação terapêutica ensina a:

  • conhecer a doença, saber falar sobre ela e explicá-la às pessoas próximas
  • compreendê-la melhor para tratá-la melhor
  • escolher bem os cremes e aplicá-los melhor
  • gerir as comichões no dia a dia
  • gerir as diferentes situações do dia a dia (desporto, stress, na escola, no trabalho...)

Aprendendo os bons gestos para seguir o seu tratamento, encontrando outros pacientes e compreendendo melhor o eczema, os objetivos das sessões são os seguintes:

  • tratar o surto de eczema
  • espaçar as crises
  • diminuir a intensidade dos surtos
  • sair do isolamento
  • recuperar a confiança em si

 

“Quando se vive melhor com o seu eczema, existem inúmeros benefícios colaterais. As relações pais-filhos, por exemplo, podem deixar de rodar em torno da doença e reequilibrar-se. Também nos damos conta de que não estamos sozinhos, podemos nos exprimir... E, sobretudo, diminuímos o risco de insucesso do tratamento.”

Os workshops variam de acordo com a idade

Bebé: os pais aprendem os bons gestos para acalmar o bebé e deixam de lado muitas crenças ligadas ao eczema.

A partir de 5 anos: a criança vai aprender a cuidar-se graças a jogos educativos, cartas de jogo, desenhos para aprender a aplicar o creme...

Adolescentes: atividades em torno da fotolinguagem para falar da doença, o bar de texturas para escolher o seu emoliente...

Adultos: workshops sobre o conhecimento do tratamento e da doença, trabalho sobre a autoestima e o olhar dos outros com o apoio de um psicólogo...

Como seguir sessões de educação terapêutica?

É o médico que vai organizar o seu programa personalizado. É preciso ter vontade, isto já é muito importante. A partir de uma primeira consulta o médico estabelece consigo o “diagnóstico educativo”, o que significa que o paciente e o médico chegam a um acordo e definem juntos objetivos a atingir que são chamados objetivos de aprendizagem.

Exemplos de competências a adquirir pelo paciente

CRIANÇA

Saber reconhecer uma placa de eczema

Saber reconhecer uma placa de eczema

Saber aplicar o seu tratamento sozinho

Saber aplicar o seu tratamento sozinho

Conhecer as alternativas à coceira

Conhecer as alternativas à coceira

ADULTO

Compreender a unidade falangeta - Saber mais sobre essa ferramenta

Compreender a unidade falangeta - Saber mais sobre essa ferramenta

Saber avaliar a gravidade do seu eczema com autonomia graças ao PO-Scorad

Saber avaliar a gravidade do seu eczema com autonomia graças ao PO-Scorad

Saber gerir o seu tratamento

Saber gerir o seu tratamento

Em quais casos?

  • Eczema severo
  • Eczema muito extenso
  • Eczema rebelde ao tratamento
  • Grave repercussão do eczema na vida de todos os dias
  • Dificuldades de seguir corretamente o tratamento 
  • Dificuldades de aceitar a sua doença
  • Ou simplesmente o desejo de saber mais sobre a sua doença

 

Ao longo da aprendizagem, avalia-se a sua progressão com o médico, utilizando nomeadamente a ferramenta de avaliação da severidade da doença PO-Scorad, uma aplicação descarregável no seu smartphone.

Lista dos centros

Começar sem workshop

Utilize a aplicação Po-scorad

Esta aplicação permite avaliar a severidade do eczema a partir dos sintomas e acompanhar a evolução graças a uma curva que poderá compartilhar com os profissionais de saúde que cuidam do seu acompanhamento. Também é possível enviar diretamente as suas fotos e informações entre duas consultas.

 

Discuta com o seu farmacêutico

O seu farmacêutico também sabe como o ajudar para viver melhor com a doença, ele é formado para isso. No balcão, pense em falar com ele, que terá preciosos conselhos a lhe dar.

Você é farmacêutico? Inscreva-se no nosso programa Pop Training se desejar aprofundar a sua competência sobre o eczema atópico.

Não hesite em pedir ajuda!